pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Deixar você ir não vai ser bom 

ita 1

Você não vai acreditar, mas há dois meses uma pesquisadora de um programa do GNT me procurou. Ela conhecia o blog e queria saber se eu gostaria de participar de um episódio que discutia a eutanásia.

Como eu falaria sobre esse assunto tão delicado? Nesses anos todos tenho aprendido a falar de amor, memórias, ausência, resiliência, infinitude, esperança, raiva, desesperança, fé. Mas nunca sobre isso.

Quem sou eu pra julgar a sua vida ou a hora da sua morte? Quem disse que sei se a minha vida é melhor que a sua? Só o que sei é que nossas vidas são absolutamente diferentes. A minha me parece melhor, mas a sua eu desconheço. Conviver com o diferente será que também não é isso?

Ao mesmo tempo, quem sou eu para julgar quem encontrou na eutanásia a saída para aquele que sofre de modo insuportável e fez desse gesto um genuíno ato de amor e compaixão?

Por isso tudo, decidi que não iria ao programa. Não tenho repertório, nem clareza ou propriedade para falar sobre. O que tenho é um irmão e uma mãe que morre por ele.

Falei pra pesquisadora que você está em estado vegetativo persistente ou em coma vigil. Expliquei que seu único suporte mecânico é a gastro de alimentação. Nada de traqueostomia, respirador ou marca passo.

Contei que, com o resultado daquele exame que provoca estímulos externos buscando respostas do cérebro, os médicos constataram que sua resposta era muito lentificada, mas não inexistente.

Falei daquela explicação fria e técnica: todas as peças do seu computador não queimaram, mas o computador não liga. Vai ligar? Não dá pra saber. E que, claro, o tempo é seu inimigo nesta situação. Há 14 anos seu computador está no modo soneca. Isso quer dizer que você não tem morte cerebral. Eu não poderia decidir por você, já que você está vivo.

Tem sofrimento? Tem, mas do nosso ponto de vista. Você não parece ter dor. Acho que pelo seu ponto de vista você tem escolhido ficar.

Olha só, há uns 7 meses fui a uma sessão de microfisioterapia – uma técnica de terapia manual que busca tratar a causa de problemas ou patologias e ajudar o corpo a promover a autocura. Perguntei pra fisioterapeuta se você se beneficiaria com uma sessão dessas. Ela disse que pra conseguir resultados era importante interagir com o paciente, o que não seria o seu caso.

Contei um pouco sobre você. Depois de me ouvir – invariavelmente choro –, ela me perguntou se eu não gostaria de te libertar. E que para isso só precisaria de uma atitude simples: falar perto do seu ouvido direito que você poderia ir embora se quisesse.

Resolvi que precisávamos conversar…

Era setembro. Logo seria o aniversário da Bruna, então resolvi aguardar pra ter essa conversa com você. Em outubro, aniversário do Fabio, da Bellinha e o seu. Comemorações e dor não combinam. Adiei.

Depois veio o lançamento do primeiro livro do Lucca e achei que você gostaria de participar dessa alegria por perto. Novembro já é quase Natal e a mãe não mereceria essa data sem você. Nenhuma mãe merece. A conversa poderia esperar.

Ano novo sempre existem novas metas e desafios. Vai que você pulou sete ondas internas e tinha planos pra 2020. Em fevereiro, a Maria lançou a Blogueirinha do Fim do Mundo e eu nem consigo dimensionar o quanto você se orgulharia dela.

Depois veio o Carnaval. Os 14 anos do Fabinho. Meu aniversário e…

Bom, a verdade é que não tive coragem de falar até agora que você está liberado pra partir.

Mas por que então só hoje quis contar essas coisas pra você?

Nesses 40 dias de isolamento, grupo de risco, vulnerabilidades, é você quem me vem na cabeça muitas vezes.

Desde que começou tudo isso, você já quase precisou ir 3 vezes ao hospital. Não sei se é terrorismo do home-care, não sei se é esse seu jeito destemido e surpreendente. Tenho que praticamente amarrar seu pé na cama hospitalar.

O que sei é que não quero te tirar de casa, porque sei que você não será prioridade pra ninguém.

E desde quinta-feira temos um novo Ministro da Saúde. O pouco que sei dele se resume a essa declaração assustadora:

“Como você tem dinheiro limitado, você vai ter que fazer escolhas. Vai ter que definir onde você vai investir. Eu tenho uma pessoa mais idosa que tem uma doença crônica avançada e ela teve uma complicação. Para ela melhorar eu vou gastar praticamente o mesmo dinheiro que eu vou gastar em um adolescente que está com problema. Qual vai ser a escolha?”

Existem vidas que valem mais que outras? Existe o deixar morrer e o deixar viver? Qual a sua escolha, Ita?

E eu posso escolher por você?

67 comentários em “Deixar você ir não vai ser bom 

  1. Marilda Augusto
    abril 20, 2020

    Deixemos que ele decida a sua hora de partir. Fiquem em paz.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Gil Carlos Barros Obrigado
    abril 20, 2020

    Obrigado!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Carolina Lorêdo
    abril 20, 2020

    Lindo e comovente. Trato a mim e minha família há alguns anos com microfisioterapia e posso te garantir que essa conversa no ouvido direito funciona, sempre faço com meu filho de 4 anos quando estamos com problemas de comportamento. Se vc decidir falar, pode se sentir culpada. Mas esse é só um ponto de vista. Fique bem!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Dourival melo Ninck
    abril 20, 2020

    Eu acho que é das coisas mais lindas que já li. O blog todo, as cores, as ausências, a presença, o título….que delicadeza!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Itamar
    abril 20, 2020

    😢

    Curtido por 1 pessoa

  6. Iliane kamazaki
    abril 20, 2020

    Emocionante! Nenhuma vida vale mais que outra, será possível.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Maria
    abril 20, 2020

    Que história , sem palavras . Forca ! 🙏🏼

    Curtido por 1 pessoa

  8. Osmildo Bezerra de Almeida Júnior
    abril 20, 2020

    Eu estou tão emocionado com esse texto, que eu chego a sentir uma dor física no meu peito. Eu não consigo imaginar como é estar na sua situação, mas eu consegui sentir um pouco da carga emotiva que você deixou transparecer nesse belo texto. Não sei se você acredita em Deus, mas eu quero expressar meu pedido a Deus para que sua família encontre as respostas e que seu irmão encontre o caminho que ele trilhou e que Deus está iluminando para que ele o alcance logo. Um forte e sincero abraço.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Angelica
    abril 20, 2020

    Existe tanta profundidade na história, nos sentimentos e na força motriz de sua família que qualquer ideia de comentário meu me soa raso, superficial. Fui engolida pela imensidão das incertezas do futuro, e também das certezas do amor que embala, que encanta. A vida é valiosa em todas as suas expressões, é só o que consigo dizer.
    Muito obrigada por compartilhar publicamente, de modo tão generoso. As dores e alegrias aqui passam a ser um pouquinho de tod@s nós.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Márcia Pacheco Silva
    abril 20, 2020

    Consideraria um milagre, no qual todas as coisas se unem para acontecer de uma determinada maneira, num determinado tempo e no qual nem sempre temos as respostas mas ele existe. Nutriria esse ciclo da vida para que possa fazer sentido e mostrar sua face; desde que não haja sofrimento, nesse processo, para quem está dormindo e/ou para quem está desperto. Acreditaria no milagre e no mistério imponderável que o habita. Fale com amor como sempre falaram.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      maio 2, 2020

      ” Acreditaria no milagre e no mistério imponderável que o habita” Que lindo, obrigada! Eu acredito sim!.

      Curtir

  11. Luiza
    abril 20, 2020

    Li seu texto
    Hj a tarde e fiquei pensando … em várias coisas… se vc fosse ele…. o que vc gostaria que ele fizesse … vc já pensou nisso ???
    EU, que não sou ele e não sou vc , não gostaria de estar assim….sempre tive esse medo de ficar na necessidade da boa vontade de qualquer pessoa… NAO ME REFIRO A VC, e nem a sua família com essa fala …. me refiro a quem eu precisaria estar em contato…. cuidadores, que vão trocar minha fralda ou me alimentar qdo eles acharem que devem … enfim … não sei …. nem sei se vc gosta de ouvir esse tipo de opinião …. beijos pra vcs e pra ele …

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      maio 2, 2020

      Sim, Luiza, sempre me faço essa pergunta. E ainda não tenho as respostas…obrigada pela preocupação! Bj

      Curtir

      • Luiza
        maio 2, 2020

        Por enquanto estamos todos com vida …. vamos vivendo … cada um do jeito que dá né??? Beijos

        Curtido por 1 pessoa

      • bettinabopp
        maio 4, 2020

        Combinado! Vamos! Bj

        Curtir

  12. Natércia Bezerra
    abril 20, 2020

    Muito sentimentos nas suas palavras lágrimas caíram aqui no meu rosto. Tentei ser juiz, achei melhor, só ler e refletir. Sabemos que é amor cuidar, é amor também deixar a decisão com ele. Talvez seja isso ao falar no ouvido.

    Curtido por 1 pessoa

  13. Luana
    abril 20, 2020

    Emocionada… parabéns e muito obrigada por compartilhar essa história tão particular nesse momento que estamos vivendo de tanta dor, incertezas e atrocidades. Seu irmão tem muito orgulho de você, da sua força, dedicação e Amor. Família é Tudo. Paz e Bem ❤.

    Curtido por 1 pessoa

  14. André
    abril 21, 2020

    Com toda certeza ele sente esse amor e dedicação de vocês. Falar o que é preciso jamais será fácil. Toma o seu tempo, ou não toma também. Assim como você não pode escolher e julgar, ninguém pode fazer isso por/com você. Achei esse site agora pela “Blogueirinha do fim do mundo” (eu amo esse nome kkkk) e já amei ele, por mais que o motivo da criação tenha vindo meio atravessado, li muito sobre amor aqui. Um beijo grande em você e toda sua família.

    Curtido por 1 pessoa

  15. Giselle
    abril 21, 2020

    Minha querida, acabei de chegar ao seu blog por meio da Blogueirinha do fim do mundo e preciso registrar aqui uma “coincidência”, sobre o q vc escreveu sobre o ouvido direito. Sou devota de Paramahansa Yogananda, guru indiano q desenvolveu lições para a iluminação espiritual, na década de 1920. Pois bem. Ontem cheguei à 30a lição, q consiste em uma técnica para ouvir o som do OM, em q ele ressalta q tal som seria ouvido pelo OUVIDO DIREITO. Dei um pulo da cama aqui às quase 4 da manhã qd li o seu texto. Dei um Google rápido aqui e vi q existe uma técnica em q se fazem sugestões às crianças qd estão dormindo, falando em seu ouvido direito.
    Me ocorreu aqui de, se vc não está pronta pra pergunta derradeira sobre o deixá-lo ir, pq não ir falando no ouvido direito dele sobre o quanto ele é saudável, forte e feliz?
    Agora to pirando aqui pra descobrir o babado e o mistério do ouvido direito..
    Um grande abraço e seguirei lendo o blog.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      maio 2, 2020

      Nossa, que incrível! Adorei. Obrigada por compartilhar. Se descobrir me conte, por favor! Um beijo

      Curtir

  16. Renata Milagre
    abril 21, 2020

    Amei demais seu texto!! Deixe que ele saberá o momento certo de partir. Certeza disso!!!

    Curtido por 1 pessoa

  17. Fernanda
    abril 21, 2020

    grande abraço…❤🌻

    Curtido por 1 pessoa

  18. Gisela
    abril 21, 2020

    Boa noite … me indicaram seu blog e hoje iniciei a ler … temos problemas bem parecidos … minha irmã está em estado vegetativo a 7 anos por um procedimento cardiológico mal sucedido … minha melhor amiga … meu exemplo … minha mais linda pessoa … sem aparelhos ligados apenas com a alimentação gastro é uma traqueo … entendo muito bem o que você sente … parabéns pela força …

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      abril 30, 2020

      Sinto muito, Gisela. Obrigada pela mensagem. Um bj na sua melhor amiga e em vc!

      Curtir

    • Luiza
      abril 30, 2020

      Sinto muito também, Gisela !

      Curtir

  19. Carolina
    abril 28, 2020

    Q texto lindo!

    Curtido por 1 pessoa

  20. Gergiel Dias Virmieiro
    abril 28, 2020

    Minha querida Betina! Suas palavras são de uma profundidade inexplicável; você meche com o íntimo de cada um de nós que lemos essa história de amor extraordinário… Só posso de te dizer, não desista!

    Curtido por 1 pessoa

  21. Rico Sombra
    abril 29, 2020

    VOCÊ É UMA FADA QUE PROTEGE UM ANJO SEM ASA !! QUANTO AMOR !!!!

    Curtido por 1 pessoa

  22. Fla
    abril 29, 2020

    Não tem como suas palavras não tocarem a alma de quem lê.
    Fora a linda homenagem que este blog simboliza. Eternizando a existência de um ser pelos sentimentos que a sua presença, seja em que forma for, proporciona.
    Uma palavra ressonou forte ao ler esse texto… Desapego.
    Qualquer forma de desapego é um grande desafio.
    Não é à toa que é a palavra preferida de muitos Gurus no caminho da espiritualidade.
    Mas o que vem a ser o desapego?
    Seria uma escolha? Seria um ato de Fé?
    Seria praticar a aceitação da dualidade, e mesmo diante da adversidade reagir positivamente?
    O propósito de tudo o que acontece em nossa existência é tão maior que a nossa capacidade de percepção das ‘verdades’ que nossa mente deseja criar… Alguns ‘karmas’/vivências parecem incompreensíveis e dolorosas para os olhos de quem vê de fora, mas muitas vezes são bençãos incríveis, e que proporcionam muitas curas para aqueles que interagem no mesmo cenário…
    Tudo tem seu tempo de amadurecimento, e é importante sermos gentis com nós mesmos.
    Take your time.
    Adoraria ler sua reflexão sobre o desapego.

    Curtido por 1 pessoa

  23. Gabriel Guarnieri
    abril 29, 2020

    Acabo de ler esse texto e tenho vontade de ler muitos outros. Mas a minha vontade nem a de ninguém que comenta sobre ele de fato valem alguma coisa. Tenho 18 anos e dês de antes da Epidemia já não tenho vontade de sair de casa, estou com uma depressão silenciosa e ela me faz chorar por tudo. Acredito que foi essa doença, mas ainda sim preciso compartilhar com você que lê os comentários das testemunhas do seu amor pelo seu irmão. Eu ainda choro digitando pra você e comecei assim que li o título dos textos. “Para quando você acordar”. Lendo esse título eu chorei durante alguns minutos antes de ler o texto pois pensei no meu desânimo da vida e comparei com sua vontade de que seu irmão viva. Acredito que um choro é uma oração, e, eu tenho orado muito ultimamente, Deus e eu já estamos íntimos pelo tanto que oro. E hoje orei pelo seu irmão e por você. Ele tem e vai ter orgulho da irmã e sobrinha. O Culler desse computador vai voltar a ventilar, porque a placa mãe não abandonou o gabinete e rezo pra que o monitor volte a ligar! Ass: Gabriel Guarnieri

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      maio 2, 2020

      Desculpe a demora em te escrever, Gabriel. Agora sou eu aqui chorando com a sua mensagem e seu carinho! Não se engane, suas palavras têm força e valem muito sim! Palavras têm poder e as suas me fizeram bem. Você tem razão. Chorar é uma oração, cantar é uma oração, plantar uma plantinha e vê-la crescer dependente do nosso cuidado é uma oração, procurar ajuda é também uma oração. Tudo o que nos conecta com Deus, com o Universo, com algo maior. Com essa situação do Ita, eu muitas vezes me isolei, não pedi ajuda e não foi bom. Estamos todos interligados. Se precisar conversar, me procure. Um beijo com carinho

      Curtir

  24. Lidianne
    abril 29, 2020

    Conheci seu blog e sua história hoje. Gratidão por colocar a vida em palavras. Envio as melhores vibrações de realinhamento para o Itamar, que já escolheu o viver. Namastê

    Curtido por 1 pessoa

  25. iaravxviana@gmail.com
    abril 30, 2020

    O momento da partida, não nos compete!!!

    Curtido por 1 pessoa

  26. Ana Pazitto
    maio 3, 2020

    Gratidão por compartilhar tantos momentos bonitos!!!
    Paz e bem a todos vocês!!!

    Curtido por 1 pessoa

  27. Patrícia
    maio 10, 2020

    A beleza triste em cada palavra responde ao questionamento: deixar viver. Aquela reflexão que nos inquieta e, certamente, também nos transforma.

    Curtido por 1 pessoa

  28. Graciele
    maio 11, 2020

    Oi Betina. Através da Maria, minha atual maior ídola, cheguei a você. Devo mais essa a ela, além dos melhores vídeos que tenho assistido ultimamente.
    Bom, eu tenho uma filha que nasceu de 5 meses e meio e, depois de muitas intercorrências, como um pneumotórax duplo seguido de uma parada de quase uma hora (e essa foi a primeira parada…), ela veio para casa de home care. Oh negócio maluco, né? Com digo, meu mal necessário…
    Com 1 ano e meio, a Bia (minha Beatriz) teve a tão famosa SARS decorrente de uma pneumonia bacteriana. E, para ajudar, a válvula da hidrocefalia estragou s, em estado gravíssimo, foi pada uma mesa de cirurgia.
    Eu falei no ouvido dela que, se quisesse descansar, ela podia. Que sentiria saudades todos os dias, mas que ela fizesse o que achasse melhor.
    Agradeço sempre ela não ter me ouvido. Ou não ter me obedecido. Até hoje carrego um remorso, uma culpa enorme, de ter dito isso. Penso se ela imaginou que eu tivesse desistido da nossa vida, do nosso amor.
    Se seu coração não quer dizer, não diga.
    Um beijo enorme para você, sua mãe e o Itamar…

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      maio 22, 2020

      Que lindo, Graciele! Me emocionei com sua história. Que privilégio da Maria ter vc “por perto”. Mande um beijo pra Bia, fortaleza em forma de criança, e um bj pra vc!

      Curtir

  29. Ana Paula Oliveira
    maio 14, 2020

    Olá Bettina! Cheguei aqui através da Blogueirinha do Fim do mundo( adoro) e estou encantada! Lendo todas as postagens me deu vontade de fazer parte dessa família com histórias tão lindas e com tanto amor! A forma como você escreve me fez ficar um tempão lendo, parabéns! Peço a Deus que cuide de todos vocês , e que renove suas forças. Com carinho, Ana Paula.

    Curtido por 1 pessoa

  30. Roberta
    maio 15, 2020

    Eu não conhecia esse blog, vi numa postagem de sua filha, que, aliás, é incrível. Que coisa mais linda este espaço! Antes mesmo de começar a leitura eu já tinha me emocionado. Quando comecei a ler os textos, as lágrimas foram inevitáveis. É claro que falo de longe, mas me parece que a família de vocês é amor puro, e isso faz com que todos queiram ficar, porque onde tem amor tem vida.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      maio 22, 2020

      Obrigada, Roberta. Acho tão generoso que para a vida pra mandar msg pra quem não conhece. Isso é amor!

      Curtir

  31. Raíssa Oliveira
    maio 17, 2020

    Bettina, queria tanto poder te abraçar!
    Li todas as publicações, obrigada por compartilhar tanto amor, carinho.
    Eu tive a sensação de poder estar com vocês em um almoço de domingo.
    Fica bem, Amo Vocês ♥️

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      maio 22, 2020

      Que linda! Sabe que quando a gente se reúne nos almoços de domingo na casa da minha mãe – durante a pandemia eles não têm acontecido – eu sempre conto pra ela e pro Fabio, meu outro irmão, sobre essa imensidão de amor que a gente recebe pelo blog. Invariavelmente a gente se emociona. Invariavelmente vcs estão com a gente!

      Curtir

  32. Idalina Sanches
    maio 21, 2020

    Que texto maravilhoso!
    Compartilhei essa fala do novo ex-ministro no fb. Minha sobrinha que é médica disse que o que ele disse está fora de contexto. Eu respondi que ñ existe contexto certo pra uma coisa dessa. Ela disse que os médicos precisam fazer escolhas difíceis e que é fácil ter opinião com a bunda no sofá. Mal sabe ela que é exatamente o que tenho tentado fazer, salvar o mundo com a minha bunda no sofá.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em abril 20, 2020 por .

Navegação