pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Na parede da memória essa lembrança é o quadro que dói mais

18261488_10208934787186836_1504385580_o

Você não vai acreditar, mas o Belchior morreu de madrugada. Então assim, ó, vou pegar aqueles dois LPs que você tem dele e que estão no quartinho e vender em algum sebo. Tem o Acústico e Alucinação. Agora devem valer mais. Ou talvez não venda, talvez eu troque por algum livro que eu queira de lá. Tá na hora de desocupar lugares, ventilar ideias, tá na hora, Ita. Deixemos de coisas, cuidemos da vida, senão chega a morte ou coisa parecida e nos arrasta moço sem ter visto a vida.

O quê? Não gostou? São suas coisas, são seus discos? Ué, mas você tá aí há tanto tempo, sem ver a vida, sem cantar as músicas dele, sem mexer nos LPs e correr atrás de uma vitrola pra poder ouvir, sem tentar tocar no violão da Bruna “Hora do almoço”. Achei que você tinha mesmo desistido do Belchior e de tudo mais. Agora eu que preciso encontrar um jeito de lidar com a minha fúria e essa pressa de viver.

To mentindo? Não é isso que você tem feito? Escolheu ficar aí trancado no quarto e dentro de você mesmo? A sua mão fechada, a sua boca aberta, o seu peito deserto, sua mão parada, lacrada, selada e molhada de medo?

Medo, Ita? Logo você? Você que me fez acreditar que podia tudo e que a gente era invencível. Tá certo, eu sei o que os médicos disseram. Eu conheço as respostas da ciência, pode não ser uma escolha. Eu penso nisso. Mas não quero o que a cabeça pensa, eu quero o que a alma deseja. E queria que sua alma, escondida aí em algum canto, desejasse muito também.

Médicos erram, a medicina não é uma ciência exata. Erraram com os olhos da mãe, te falei. E, sabe, tem um garoto lindo aqui da rua, o Caio. Depois de um acidente de moto, depois de perder 45% do cérebro, depois de ficar 60 dias em coma, depois dos médicos darem 3% de chance de sobreviver, o Caio lutou, acordou e está se recuperando. Já tornou real muitas coisas. Outras ainda são sonhos: voltar a andar e falar. Mas ele acordou, Ita, porque viver é melhor que sonhar.

Não conheço o lugar onde você está. Mas sei que não pode ser só esse quarto com paredes brancas e uma delas verdinha, porque verde é cura. Não pode ser só essa vista pra um pedaço do céu e de vez em quando o voo de um bando de maritacas. Não pode ser só por perto as vozes de quem nem conhece a sua voz. Não pode só ser esse canto da nossa casa, porque sei que qualquer canto é menor do que a vida de qualquer pessoa. Cadê a sua vida?

Nunca mais você saiu a rua em grupo reunido. Nunca mais. Nem meninas, nem praia, nem sobrinhos, nem jantares, nem sorvetes, nem enterros, nem nós, nem paz, nem pais, nem surpresas, nem carros, nem motos, nem roupas, nem passe, nem acupuntura, nem missa, nem risadas, nem música, nem piadas. Nada. Foi assim, um dia, sem avisar, pra lugar nenhum. Responde: nem te lembras de voltar, de voltar, de voltar, porra?

E se pensa, eu sei, há que se ter coragem. Porque no presente a mente, o corpo é diferente e o passado é uma roupa que não nos serve mais. Não vai ser fácil. Tem negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. As 5 fases do luto – tem palavra mais gelada do que sequela?

Mas escuta, enfrenta, tem a gente com você. Dá tempo. Aprender é caminho. Tenho aprendido tanto. Aprendi que nem tudo é divino, tudo é maravilhoso e que nada é secreto, nada é misterioso. Aprendi até que nas frases em itálico do Belchior cabe um pedaço de nossas vidas.

Então, vem viver comigo, vem correr perigo. Andar caminho errado pela simples alegria de ser.

Faz um pacto com a vida e pede e conta e diz: vida, pisa devagar meu coração cuidado é frágil.

Ah, Ita, eu quero lhe contar como eu vivi e tudo o que aconteceu comigo.
Vem, volta. Decide logo, agora, à tarde, às três, que à noite tenho um compromisso e não posso faltar por causa de você.

To sendo dura? Eu sei. Cansei, eu acho. Às vezes ainda vejo vir vindo no vento o cheiro da nova estação e eu sinto tudo na ferida viva do meu coração.

Só não sei se é inverno ou é verão.

PS Se alguém quiser conhecer a história do Caio e ajudá-lo na recuperação.

Página Caio na real

Anúncios

26 comentários em “Na parede da memória essa lembrança é o quadro que dói mais

  1. Elisa
    maio 1, 2017

    Lindo como sempre!
    Todos esperam ansiosos por ler seu sentimento. Não pare.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Marilda Augusto
    maio 1, 2017

    Olá minha querida, quanto tempo, passando por momentos difíceis eu sei, bom te ler de novo, bom você dividir com a gente as tuas dúvidas, as tuas angústias, assim você pode receber a nossa energia, o nosso pensamento, fica em paz, eu sei que deve ser difícil, mas nós que lemos a tua história, estaremos sempre aqui para te ouvir. Força, no final tudo sempre dá certo, se não deu é porque ainda não chegou ao final. Fica bem. Beijo no coração e um abraço bem apertado daqueles de urso cheio de amor.😘

    Curtir

  3. Isabella balsimelli
    maio 1, 2017

    Pensei em vcs semana passada. Fazia um tempão que vc não escrevia!
    Não tenho o que te falar. Só imagino a sua dor, a vontade que vc tem de chaquoalhar o Ita, e falar: chega! Ta na hora de acordar!
    Rezo por vcs.
    Fiquem em paz!
    Abs

    Curtido por 1 pessoa

  4. Maria Luiza Machado Ferraz
    maio 2, 2017

    Bettina, o que dizer? A vida traz alegrias, mas tb nos rasga por dentro com muita dor. Horrível se sentir impotente!
    Um grande abc e minhas orações.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Lucia Budweg
    maio 2, 2017

    Achei lindo. Tristemente lindo. ❤

    Curtido por 1 pessoa

  6. Melissa
    maio 2, 2017

    Ola, estava com saudades dos seus textos, as coisas nem sempre são como a gente deseja, mas creia em Deus, ele sabe de todas as coisas e acalmara seu coração. bjos

    Curtir

  7. Adyr Sento-Sé
    maio 2, 2017

    Saudades dos seus textos. Como sempre eles são incríveis e muito, muito profundos!! Aprendi que tudo nessa vida tem um tempo… O tempo de Deus. Desculpe-me falar disso, como se fosse algo fácil de aceitar, mas deixo claro que não é, e não consigo me colocar na sua situação simplesmente porque nenhuma imaginação me levaria a sentir ao menos 1/10 do que você passa e sente. Betina, só quero te dizer que Deus sabe de todas as coisas! Ele sabe o que é melhor pra vocês todos. Acredite, confie. Nunca deixe a sua fé se abalar, porque Ele está cuidando do Ita e da sua família também. E lembre-se que os planos de Deus são sempre muito maiores e melhores que os nossos. Nós não temos capacidade para discernir sobre tudo, e Ele sabe de todas as coisas. Eu vou continuar orando pelo Ita, mas pedindo a Deus para que o melhor aconteça a vocês. As vezes, nós pedimos algo que queremos e não nos damos conta que aquilo pode acontecer de verdade a qualquer momento… O problema é: você está pronta para enfrentar qualquer caminho que seja o que aquele pedido possa te levar?! É uma boa reflexão. Fica com Deus. Eu amo ler o que você escreve. Me identifico com você, porque vejo que vc tbm escreve com a ALMA. Sonho com o dia que você vai escrever um post dizendo que ele acordou. Mas se isso não acontecer, a sua fé vai te levar para os melhores caminhos. Fica bem, querida!!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Ze
    maio 2, 2017

    Como é bonita esta sua relação! Cheers !!! E também acredito que nada é exato. Tudo pode acontecer. Isto é vida!

    Curtido por 1 pessoa

  9. JUSSARA CARVALHO
    maio 3, 2017

    Gostaria de ser forte e corajosa como você. Fico aqui torcendo pra Ita voltar…

    Curtir

  10. Cleia
    maio 3, 2017

    Ja estava com saudades dos textos. Ita vê se acorda logo, sua irmã está ansiosa pra te vê sorrindo.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Rubya Almeida
    maio 4, 2017

    Eu gosto de ler seus sentimentos!
    Nunca acompanhei página nenhuma, mas a sua me faz voltar sempre… Acredito que um dia quando voltar aqui vou ler uma história maravilhosa e chorar feliz 🙂 E de coração espero por isso!
    A história do Ita é realmente comovente, e seus sentimentos inspiradores.
    Não perca a fé! Nunca! Eu acredito que isso o mantém, e o ajudará.
    Eu oro por vocês e oro p que um dia ele acorde e consiga viver essa vida toda que o aguarda cheia de esperança, amor e saudade!
    Um abraço

    Curtido por 1 pessoa

  12. Emanula
    maio 9, 2017

    Senti Saudades das suas palavras…

    Curtido por 1 pessoa

  13. Cristiane Freire Soares
    junho 2, 2017

    Bettina, acabei de conhecer seu blog, e posso dizer que entendo perfeitamente a sua dor, pois a vivo há exato 5 anos completados no dia 26/05, 5 anos de um acidente de carro que deixou meu irmão de apenas 40 anos na época em cima de uma cama, sem falar, sem andar, sem interagir…vegetando. Dor insuportável!!! Sua dor…minha dor. Meu coração e da minha família sangra todos os dias. Fique com Jesus vcs tbm! Força! Fé! Bjos, Cris Freire.

    Curtido por 1 pessoa

  14. Vinicio Cantão
    setembro 5, 2017

    Moça, que lindo. Já havia lido seus textos mas nunca pensei em comentar. Só que hoje, 06/09/17, bateu forte aqui nas Gerais.Tô em lágrimas, não sei exatamente porque, mas varou as montanhas e me atingiu em BH. E eu queria por um instante só você me desse a mão em lugar de segurar a do seu irmão e falasse:”Moço, escuta uma história…” Obrigado!

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      outubro 1, 2017

      Que lindo, moço. Desculpe a demora. Hj vou te contar mais um pouco da história. bj

      Curtir

  15. debora serafim
    setembro 29, 2017

    Querida os amo!torci sempre por esse milagre👏que seja feita a vontade de Deus!bjs os amo💟

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em maio 1, 2017 por .