pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Às vezes te odeio por quase um segundo, depois te amo mais

image

Você não vai acreditar, mas alguém te chamou de semimorto. Quem foi? Um sujeito qualquer, desses haters que ocupam a rede e que, conhecendo a nossa história através de uma matéria bonita em uma revista, disse que eu perdia meu tempo ao escrever para um semimorto.

Era fim de ano, tempo da falta de tempo. Tão lugar-comum como peru, frutas secas, árvore e presentes, era tempo das despedidas, dos encontros e desencontros, de ficar presa no trânsito.

Era fim de ano, tempo de tempo de sobra. Tão lugar-comum como as havaianas, o filtro solar, a água de coco, era tempo de achar que o dia 27 de dezembro é o dia mais longo do ano. Que ele é o verdadeiro solstício de verão, o dia de respirar com calma e de se sentir perdoado pra sempre nem sei de quê.

Era fim de ano, tempo de balanço. Tão lugar-comum como o branco, os sete pulinhos, a lentilha, os caroços de romã, era tempo de colocar na balança o que vale a pena. De enxergar o copo meio cheio. De saber qual lobo interno devo alimentar.

E os dias foram passando sem eu me dar conta. O ano começou com manhãs de sol, tardes de chuva e uma virose chata acompanhada de dor de garganta e mal-estar. Vieram os últimos e primeiros domingos, a volta pra São Paulo, a última semana de férias e mais uma pedra. No rim. Enorme, de mais de um centímetro.

Maior que a pedra, só a minha dúvida: por que não estou conseguindo escrever?

Ainda não sei. Tenho alguns palpites. A palavra “semimorto” é um deles.

Como esse hater perde tempo em se cadastrar, abrir uma conta e fazer um comentário assim, gratuito, desnecessário, sem se preocupar se do outro lado vai machucar alguém? Que ódio!

Como eu posso ter me importado tanto, mesmo sem perceber e tentando disfarçar, já que tenho encontrado tantos lovers nesse nosso caminho? É só amor!

Talvez acostumada ao lugar-comum, não me dei conta que ainda esse ano vão ter os dias do copo meio-vazio, de amansar o outro lobo, de conviver com o lado da balança que não vale a pena.

De entender que a virose só veio por ficar tão perto do Derek – e amar cada segundo ao estar ali.

De saber que tem um rim que filtra meus sonhos, os bons sentimentos e presságios. E outro que filtra minha sombra e o que ainda não perdoei. Preciso dos dois.

De lidar com meus peixes, o que nada em águas rasas e o que nada em águas profundas.

De querer desesperadamente que você equilibre os seus pratos librianos porque vai por mim, somos corpo e alma, meu irmão, meu par.

De aceitar o semimorto e agradecer o semivivo.

dualidade é necessária e universal.

Quem sabe em 2016? 

Um detalhe: os números que compõe 2016 são do dia do seu nascimento, 20, e do dia que você dormiu, 16. A soma de todas as coisas eu ainda não sei.

Anúncios

39 comentários em “Às vezes te odeio por quase um segundo, depois te amo mais

  1. Daiane
    janeiro 24, 2016

    Lindo como sempre. Quão cretina é a pessoa que tem coragem de escrever esse comentário “semimorto” … Cretina o suficiente pra não entender o que é amor de verdade e esperança. Você ainda não vai acreditar que eu tenho muita esperança que o ITA vai acordar. E no dia 27/12/2015 aquele dia que parece tao longo depois do natal, foi nesse dia que nossa Fernanda escolheu pra chegar trazendo uma nova vida e renovando as esperanças e provando que nessa vida não podemos controlar tudo, muitas coisas temos que aceitar e aprender a viver as experiencias com intensidade! Feliz 2016 pra você , pra familia e pro Ita.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      janeiro 24, 2016

      Ah, querida, era um dia tão lindo. Dia mesmo de gente linda nascer! Que ela venha carregada da mesma luz que já habita essa casa! Muita alegria!

      Curtir

      • Daiane Dauzcuk
        fevereiro 29, 2016

        Obrigada Betina, e ela veio mesmo…cheia de luz…trazendo alegria e harmonia pra nossa casa, bagunçando mas reorganizando a vida de novo. Muito tranquila, num sono invejável que parece estar numa paz que a gente não conhece mais. Feliz 2016 pra todos nós. Beijo no coração!

        Curtir

    • Lucia Helena
      janeiro 28, 2016

      Quem será esse cretino ????
      Com certeza uma pessoa que não tem sentimento nenhum e não sabe respeitar àquelas que tem
      O valor das pessoas estão no seu interior e talvez pra esse idiota ele nunca soube e até agora não sabe o é família unida
      O q é amor de irmão
      O q é amar incondicionalmente pessoas q a vida inteira fizeram e fazem só o bem pra pessoas
      Semimorto é quem disse pq não tem sentimento é amor nem por ele mesmo
      Coitado é digno de dó
      Tenha piedade dele senhor
      Ele não sabe o q escreve
      Continue escrevendo !!!!!!
      Bjssss

      Curtido por 1 pessoa

      • bettinabopp
        janeiro 29, 2016

        Querida, obrigada pelo apoio! Então juntas: cretino! Bjok

        Curtir

  2. Luana
    janeiro 24, 2016

    Ahhhh, como me dói ver esse lado tão ruim da era digital. As pessoas se tornaram tão doentes em atingir o próximo. Mas vejo muiiiiiiita msg linda para sua familia aqui. Não importa se o Ita não entenda o que você le para ele (apesar de eu acreditar fielmente que ele compreende da forma dele). Vejo que seus filhos ficam felizes de vc escrever.. acho que deve ter fazer feliz tb! E nós, leitores, amamos cada linha sua! É uma aula de sentimentos e de redação.. textos fantásticos!!!
    Difícil não ligar pra uma critica assim, principalmente quando estamos fragilizados, mas espero muito que não tenha mais duvidas do bem que pode fazer. Você vem aqui sempre pra transmitir coisas boas, escrever suas nostalgias lindas, a pureza da relação da sua familia, o zelo e carinho que você tem com as pessoas (quer saber!? eu msm resolvi adotar esse ano a msm promessa do seu filho: fazer uma boa ação por dia! Achei sensacional!! Só desculpe o “roubo”da ideia). Como então não amar essa Bettina?
    Desejo esperanças totalmente renovadas para esse ano. E que as palavras positivas do seu blog possam sempre superar suas mágoas e questionamentos! Que esse ano a luz entre e se aloje no quarto do Ita. Estamos aqui, de braços abertos, para ver um texto dele emocionado o mais breve possível.
    Obrigada, Linda!

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      janeiro 24, 2016

      Luana, querida, suas palavras doces encheram nossos corações. Mais do que boa ação! (Lucca ficou feliz!) Obrigada pelo carinho

      Curtir

  3. Maria Luiza Ferraz
    janeiro 24, 2016

    Bettina, você não me conhece, sou tia da Ciça Russo e a conheci bem pequena. Meu marido e eu gostamos tanto de vc que temos tb uma filha Betina! São lindas suas palavras, sua esperança, a perseverança que com amor avança dia a dia. Não desista nunca. Admiramos mto vc há mto tempo!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      janeiro 24, 2016

      Que mensagem maravilhosa, obrigada! Ciça, mesmo distante, é uma querida guardada pra sempre! beijos em vcs e na sua Betina!

      Curtir

  4. Marilda
    janeiro 24, 2016

    Estava sentindo falta de te ler rs… imaginei, são as festas, as férias. Nunca que vc pudesse receber um comentário negativo por escrever tão lindamente, fiquei triste por perceber como pode ter gente tão sem noção e estou feliz por você ter voltado pra nós, que amamos seus textos, que torcemos por vc e pelo Ita. Que 2016 seja um ano de mais esperança, mais textos lindos, mais amor e mais tolerância. Feliz 2016 Betina, Ita e família. Bj no coração.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      janeiro 25, 2016

      A gente se surpreende ainda com a maldade gratuita, não é? Mas suas palavras amorosas têm sempre mais força! Obrigada, querida!

      Curtir

  5. Sylvio Andrade
    janeiro 25, 2016

    Uma amiga da minha mãe mandou lembranças a ela. E eu a recordei do Alzheimer, ao que ela respondeu: eu sei, mas mesmo assim diga a ela que mandei lembranças, porque a alma entende, vai por mim.
    Achei tão legal isso.

    Curtir

    • bettinabopp
      janeiro 25, 2016

      Sylvio querido, tia Lila tem alma nobre e poderosa! Ela é rara! Nove filhos e assim como vocês?! Ela entende de tudo! Beijos em todos

      Curtir

  6. caio Teixeira Mendes
    janeiro 25, 2016

    Bettina, o escrever ITA é dar-lhe mais vida aida. Esperança de bem estar , de um dia tudo melhorar. Continue, continue e continue. Abraço de quem só quer aqui no feicebuque e na rua transmitir um pouquinho de Alegria Uai/ Caio Teixeira Mendes

    Curtido por 1 pessoa

  7. Graciete
    janeiro 25, 2016

    Bettina, fiquei pensando no que poderia escrever e no quê poderia falar de alguém que trata um outro ser humano por um adjetivo pejorativo que magoou você e sua família, entre tantas mensagens que você recebe e apenas 1 tira os pés do chão, não há palavras para descrever tamanha crueldade da pessoa que foi infeliz no comentário e pior ainda, fez com que uma rede virtual de amigos que vocês fizeram se revoltem com tamanha falta de sensibilidade. Então descartamos este um e continuamos com os demais que torcem pelo Ita e por vocês! Queria que soubesse que não há um dia que, embora não nos conheçamos, rezo para o Ita acordar e fazer a sua alegria, de sua família e a nossa também, porque há muita gente que você se quer imagina que torce por este momento. A corrente de oração é tão grande, tão intensa e nossa fé é tão viva, que este dia acontecerá quando menos esperarmos. Ao contrário do que um comentou, nós somos e torcemos pelo ACORDAR do Ita. “Que a gente possa ser recíproco com as coisa boas e imune às ruins.”
    Beijo carinhoso para você e sua família…saudades dos teus textos lindos 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  8. Renata Gilioli Pinard
    janeiro 25, 2016

    Amar não é perder tempo, é saber usar o tempo que temos.
    Que em 2016 possamos continuar amando e que tenha força suficiente prá seguir teu coração sempre !

    Curtido por 1 pessoa

  9. Ronaldo Vasconcelos
    janeiro 25, 2016

    Senti uma bela saudade de suas palavras, imagino quanta dor deve ter ocorrido, mas além de tudo te desejo amor, ele cura algumas de nossas feridas. Espero que passe, abraços !

    Curtido por 1 pessoa

  10. Marcelo
    janeiro 26, 2016

    Você não vai acreditar…., mas eu estava sentindo falta de seus textos, sempre muito bem escritos e cheios de sentimentos que me faz parar pra pensar no que somos e pra onde vamos…sei lá… gosto muito de ler e de acompanhar mesmo não conhecendo sua família, sinto a energia positiva de vocês. Força pra todos vocês e muita saúde, que isso que aconteceu no final do ano seja passageiro e que você consiga superar logo isso, um grande abraço e um ótimo dia pra vocês =)

    Curtir

  11. Daniela
    janeiro 26, 2016

    Eu sou uma dessas que nao te conhece pessoalmente e te vê brilhar.
    Admiro muito o amor que vc alimenta com palavras, a capacidade de ver as coisas bonitas da vida (ainda que dura) é de poucos.
    Gente má tem aos montes,difícil mesmo é encontar poesia na adversidade.
    Deixe eles pra lá! não sabem quanto faz bem querer bem.
    Bjs
    Dani

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      janeiro 29, 2016

      Obrigada, Dani! nem preciso te conhecer pessoalmente pra já gostar de vc! Bj

      Curtir

  12. Melissa
    janeiro 26, 2016

    Estava sentido falta dos seus textos, sempre lindos e cheios de amor e esperança…suas palavras me motivam muito do meu dia a dia, motivam a dar valor as pequenas coisas, mesmo sem te conhecer te admiro e sinto que estou falando com uma grande amiga, uma pessoa com uma alma gigantesca…Feliz 2016!!!

    Curtir

  13. fabianadalcol
    janeiro 27, 2016

    Infelizmente existem pessoas que parecem reparadas para tirar a paz dos outros, mas não deve dar importância, siga seu coração, seu irmão está vivo e essa é a vontade de Deus, que ele esteja ai, tudo tem seu propósito mesmo que não saibamos o motivo. Fé! que Deus abençoe seu 2016 e que venha surpresas abençoadas para você e sua família!

    Curtido por 1 pessoa

  14. Mike
    janeiro 27, 2016

    Um 2016 com muita saúde e surpresas para esta família que transborda amor e fé. Beijos a todos

    Curtido por 1 pessoa

  15. Eliana Pollo
    janeiro 28, 2016

    Você não vai acreditar, mas lí seu blog inteiro em 4 dias… me encantei com cada texto e me reconheci em muitas das situações, lembrei com você de fatos e noticias que eu mesma já tinha esquecido.

    Chorei, copiei frases e mandei pra mim mesma por e-mail, só para ler de vez em quando e não esquecer o sentido das palavras e da vida.

    Fiquei imaginando que a vida realmente é um filme, mas para cada um, um filme diferente. Enquanto seu irmão dorme há dez anos (numa espécie de filme pausado) minha vida deu várias voltas, em setembro de 2005 conheci meu amor, depois casei, me tornei mãe de duas lindas princesas (e amadureci)… perdi meu avô, parei de cantar minhas músicas no meu inglês errado (e endureci)… Tirei vesícula, tirei parte do estômago (e emagreci)… enfim, continuo protagonista do meu filme até quando Deus permitir…

    Em cada texto seu vi o talento da escritora, vi a união da família e acabei me apegando à história do seu irmão e agora torço pela recuperação dele, ele já está em minhas orações. Consigo até imaginar ele recuperado lendo e rindo com esses textos maravilhosos, questionando as situações e te agradecendo por jamais desistir dele.

    Tenha fé, que Deus abençoe todos vocês e que Ele aperte o play para que o filme do seu irmão volte a rodar em breve…

    Abçs.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      janeiro 29, 2016

      Que lindo, Eliana! Seu post me fez feliz! Adorei saber de vc (e das princesas) Bjok

      Curtir

  16. Ana Clara
    fevereiro 4, 2016

    Ah, se encontro esse sujeito nem sei o que faria de tanta raiva. Nunca comentei aqui, não te conheço , mas torço muito por você e sua família. Ignora e siga em frente e não demora a escrever não, faz falta! Um ano de 2016 abençoado para você e sua família

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      fevereiro 29, 2016

      Ana Clara, um ano abençoado pra vc também, querida! Obrigada pelo carinho! Bj

      Curtir

  17. Pâmella Santos
    fevereiro 12, 2016

    Oi Bettina. Li sua história na revista Cláudia online, achei emocionante e lindo e logo quis conhecer seu blog e sua história.. Eu não sei porque mas escrevo esse comentário com os olhos cheios de água, acho que vou dificil conter a emoção imaginando estar no seu lugar porque também tenho um irmão. Eu não sou muito de comentar mas li o último post sobre o hater e o que falaram do seu irmão. Imagino o quanto seja duro de ouvir isso. Normalmente dói mais quando é sobre nossa família do que se for sobre a gente né?
    Estou escrevendo porque acho lindo sua esperança, sua coragem e seu exemplo. Confesso que no fundo, gostaria que alguém fizesse o mesmo por mim se eu tivesse no lugar do seu irmão. E acho que toda forma de amor é válida, acho que mesmo ”distante” o seu amor é tão grande que seu irmão no fim sente isso e não vai ser um comentário estúpido que vai atrapalhar essa corrente de amor. O amor transmitido pode ser sentido com você do lado dele, pelo olhar, pelo sentimento que você sente ao escrever. Acredite, seu irmão sente seu amor. O seu amor vai muito além disso. Nenhum hater pode mudar isso. Ninguém pode afetar um amor quando ele é forte demais. Ainda mais um anônimo. E se permita sentir dor, se sentir ofendida com o que for no momento e depois passe. Continue com o que te faz bem. Como você disse, o blog te fez se sentir melhor, e é você, sua família e seu irmão que importam. Não sei bem porque escrevi tudo isso e sei que não sou capaz de imaginar 1/3 do que vocês passaram nos últimos anos. Mas quero te desejar toda luz, energia positiva, abundância de amor e quem sabe, até um milagre.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      fevereiro 29, 2016

      Eu acho que sei porque vc escreveu isso:generosidade! Me fez bem! Obrigada, querida! Bj

      Curtir

  18. DanielaMBastos
    março 9, 2016

    Bettina evito comentar seus posts. Por que nao me julgo capaz de encontrar palavras a altura das lindas e emocionantes que vc escreve. Mas esse post pontualmente me fez abrir mão da timidez.
    Primeiro quero dizer que seu irmão é o homem mais incrivelmente especial, encantador e inigualável que conheci e por isso não me canso de ler e admirar cada linha que vc escreve pq sei o quanto ele merece e o quanto sua presença ativa, aquela risada linda, deve lhe fazer falta.
    Sobre essa pessoa abominavel e com certeza desprovida de amor no coração, sei que deve ser dificil… Mas a ignore e continue presenteando o Ita e a todos nós com a sua imensidão de amor transbordada em palavras.
    Seii que elas o fortalecem no seu refúgio e iluminam cada vez mais o seu caminho de volta.

    Perdoe-me o texto longo e sem tanto brilho e emoção quanto as suas.

    #Obrigado #Praquandovoceacordar

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      março 27, 2016

      Sua mensagem é linda e generosa! Fico tão feliz em saber do Ita por outras pessoas…Bj, querida.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em janeiro 24, 2016 por .