pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Amanhã está toda a esperança por menor que pareça

                 quintal

Você não vai acreditar, mas eu tenho um lado obscuro. Lado sombrio, sádico, mau. Quando pego uma raquete que eletrocuta pernilongo sinto prazer em ouvi-los explodir. Aperto aquele botão como se não houvesse amanhã e procuro por eles em toda parte. Luto contra o sono pra vê-los sofrer. O barulho de biribas-pernilongo me acalma e me sinto vingada. Durmo em paz. Ou, na dúvida, com o ventilador ligado.

E acredita que de uns tempos pra cá tem formigas caminhando nas paredes do meu quarto? À luz do dia ou na escuridão da noite. E não são pequenininhas. São grandes, meio vermelhas. Não sei bem o que elas querem. Nem se estão indo ou voltando. Li que se você colocar sucrilhos do Tigre, ou flocos de milho, no caminho delas, elas comem, têm uma reação química, aumentam de volume e explodem! Ainda não cheguei nesse grau de crueldade em provocar gases em formigas.

No quintal, descobri uma casa de marimbondo se formando perto da churrasqueira. E no dia em que a gente estava fazendo churrasco. Pensei em abandonar tudo e ir comer fora, mas me controlei. Tenho pavor de marimbondos desde que você, alérgico, levou aquela picada na boca e seu lábio se transformou num bife de picanha. Acho marimbondos antipáticos e prepotentes.

Mas tenho simpatia por abelhas. Algumas habitam o meu quintal, por causa das flores. Sabia que tem algo estranho acontecendo com elas? É sério, as abelhas estão sumindo da Terra e ninguém sabe muito o motivo. Esse “fenômeno” é chamado de Desordem do Colapso da Colônia. Elas estão abandonando suas colmeias e desaparecendo. Por isso, estão todos proibidos de matá-las aqui em casa. Só podemos espantá-las de maneira carinhosa. Mesmo se alguma tentar picar seu olho.

Diferente dos pernilongos. Ah, contra eles, a luta é duríssima. Eu, com a aquela raquete na mão, me sinto em uma batalha de Game of Thrones, arrancando cabeças, esfolando vivo. Tudo para garantir meu reino de Westeros.

Pernilongos são da Casa Lannister, certeza. Traiçoeiros, se disfarçam de Aedes e fazem alianças e conchavos com vírus perigosos. Às vezes, parecem inofensivos e se infiltram silenciosos. Sob o lema “Ouça-me Rugir”, atingiram, só em São Paulo, 11.392 pessoas em menos de seis meses.

Os marimbondos são da Casa Baratheon. Egocêntricos, o importante é construir seu reino, destruindo inimigos externos e criando inimigos internos. Sem escrúpulos e muito violentos, seu lema é “Nossa é a Fúria”

Formigas são da Casa Tyrell. Ninguém torce muito por elas. Mas escondida em algum lugar existe uma rainha-mãe capaz de qualquer coisa pra garantir seu formigueiro. À noite, em momentos de delírios, fico com medo delas escolherem minha fronha pra construir seu reinado. Porque cada vez que acendo a luz, vejo mais e mais caminhando pelas paredes. Seu lema é “Crescendo Fortes”.

No meu quintal, existem outras Casas. Tatus-bola são da Casa Tully. Não aparecem muito, estão meio escondidos embaixo de vasos e madeiras, mas quando se precisa deles, fazem o trabalho sujo. Seu lema é “Família, dever, honra.” Minhocas são da Casa Martell. Não fazem mal, mas quando aparecem inesperadamente, sempre assustam. Seu lema é “Insubmissos, Não Curvados, Não Quebrados.” Bem minhocas mesmo.

Hoje é o último episódio da temporada de Game of Thrones. Estou ansiosa, deu pra perceber? Sinto falta das nossas conversinhas antes do almoço de domingo, entre os patês e as caipirinahs da mãe. A gente junto, na nossa Winterfell, sempre com algum meio-irmão convidado pro almoço, cercado por lobinhos. Saudade de contar sobre a semana, de rir de bobagens, de falar de projetos “inconcretizáveis”. Acho que hoje a gente falaria sobre o final da série, mas não tenho certeza se você seria fã. Eu sou.

Torço pela Tagaryen. Pra mim, as abelhas são da Casa Targaryen. Seu lema é “Fogo e Sangue”. As abelhas têm por direito todo o território. Por quê? Porque elas são responsáveis pela polinização de mais da metade das 240 mil espécies de plantas floríferas que existem no mundo. O desaparecimento das abelhas tem consequências muito mais graves do que só a falta de mel. Um mundo sem abelhas é um mundo, no mínimo, sem flores.

Einstein escreveu que se as abelhas desaparecessem, a espécie humana teria somente mais 4 anos de vida. “Sem abelhas não há polinização, ou seja, sem plantas, sem animais, sem homens”.

Invadimos um espaço que não era nosso e agora a Natureza está cobrando e provocando essa luta entre os reinos. Dizem que Deus perdoa sempre, o homem perdoa às vezes e a Natureza, nunca!

The winter is coming.

Anúncios

20 comentários em “Amanhã está toda a esperança por menor que pareça

  1. Cyntia
    junho 18, 2015

    Que delícia ler o que escreve. A razão de ser do blog, os textos, os sentimentos presentes em cada parágrafo, tudo é magnífico. Não pare, mesmo depois que ele acordar…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Maria J. Macedo
    junho 28, 2015

    Somente hoje,domingo de temperatura amena e céu azul,conheci seu blog.
    De todos os modos de amar o seu,para o meu coração, e’ o mais bonito.
    Fiquei muito emocionada com o que li.Confesso-lhe que não li muito ainda.
    Abençoada você por saber amar.
    Tenho certeza que seu irmão sabe desse amor e sente nele o enorme elo com a vida.
    Vocês estão , a partir de hoje, no meu coração,nas minhas orações.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      junho 28, 2015

      Oba! Fazer morada no coração de alguém tão carinhoso vai ser bom pra mim e pro Ita! Obrigada, querida! ❤️❤️

      Curtir

  3. Maria J. Macedo
    junho 28, 2015

    Hoje conheci seu blog,escrevi um comentário com muito carinho,depois o li aqui mas ele sumiu.
    Falei do seu blog para toda família.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Maria J. Macedo
    junho 28, 2015

    Queria muito me comunicar com você pelo seu blog.Escrevi dois comentários e eles sumiram do blog.Que pena!

    Curtido por 2 pessoas

    • bettinabopp
      junho 28, 2015

      Querida, consigo ver seu comentário tão carinhoso e visualizar minha resposta! Por que será que vc não consegue ver?

      Curtir

  5. Beatriz Maniezzo
    junho 30, 2015

    Conheci o blog há umas duas semanas por meio do site “Catraca Livre”, já li todos os posts e aguardo ansiosa pelos próximos. Não pare de escrever, ler seus textos é inspirador.

    Curtido por 1 pessoa

    • bettinabopp
      junho 30, 2015

      Beatriz, não deixe de ser, assim, tão generosa! Faz muito bem ao outro, acredite! Obrigada, um beijo!

      Curtir

  6. Caroline Diehl Heldt
    julho 7, 2015

    Lindas palavras…não te conheço, porém me sinto a vontade para dizer que Nunca deixe de acreditar! Estou na torcida por sua família! Que em breve teu irmão possa ler cada palavra que tu escreveu, além de te olhar nos olhos e ter orgulho de te ter como irmã, assim como vocês poderem dar um longo abraço. Isso vai acontecer! Estou aguardando o grande dia: você escrevendo sobre esse abraço! Um beijo!!!

    Curtido por 1 pessoa

  7. Emerson
    julho 7, 2015

    Catraca livre me trouxe para cá, acabo de chegar! Li esse post com os olhos marejados, é tão simples e belo a sua escrita, traz conforto e aquele sorrisinho no canto da boca. Enquanto lia e sentia o seu texto ficava imaginando como vai ser quando o seu irmão acordar e ler tudo isso, pois se para nós que somos de fora é tocante, para o seu irmão vai ser uma sensação inimaginável!
    Um grande abraço e muita luz em sua vida e de sua família!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Clarissa
    julho 8, 2015

    Hoje que vim conhecer seu blog e já estou lendo sem parar! São palavras tão cheias de vida e histórias repletas de amor, que me deixam comovida! Acredito que seu irmão sente toda essa vibração positiva e essa fé que transbordam de suas palavras. Não desista, qualquer hora dessas, vocês estarão juntos, lendo estas maravilhosas histórias e nós do lado daqui, estaremos extremamente gratos e felizes, por ter podido presenciar o que é a perseverança e o amor verdadeiro! Um grande abraço e obrigada!

    Curtir

  9. Fernanda
    julho 8, 2015

    Que textos lindos! Vc foi capaz de emocionar com a sua história e sua simplicidade em transcrever emoções. Espero ler um post do reencontro de vcs. Desejo do fundo do coração isso Muita fé e boa sorte!

    Curtido por 1 pessoa

  10. re
    julho 8, 2015

    Gosto de quero sempre mais e mais, é o que descreve seu blog, suas palavras são lindas e inspiradoras e me sinto ouvindo a sua conversa, que nada lhe tire esse prazer, estou na torcida pelo Ita, ele vai amar suas palavras quando acordar, fiquem com Deus.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em junho 14, 2015 por .