pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Que é pra te dar coragem pra seguir viagem

tatuagem

Você não vai acreditar, mas o Lucca fez uma tatuagem há uns dois meses. Engraçado, né? Ele que nunca demonstrou essa vontade. Mas sabe o que ele tatuou? Uma homenagem pra mãe. Ele pediu pra ela escrever “Bila” num papel e o tatuador copiou. Até o pingo no i tá igual. E a mãe chorou.

Fico pensando as mães que tenho tatuadas em mim.

Viúva com três filhos, o mais novo com nove anos, a vó Gilda foi muito corajosa em sair de Santa Rita, onde tinha família e amigos, e vir pra São Paulo com os três. Entre as vitórias, matriculou o Zé no concorrido Caetano de Campos e conseguiu pensão para as esposas de delegados. A partir de um pedido que fez pessoalmente à Eloa Quadros, no Palácio do Governo, esse benefício passou a valer não só pra vó Gilda, mas pra todas as viúvas de delegados que antes não tinham. Coração valente.

Vó Silvinha perdeu a Verinha com sete meses. Dor sem medida ou explicação. Encontrou forças e passou a lutar pelas minorias. Principalmente mulheres, negras e pobres. Fazia delas exemplos e amigas. Trocava cartas e histórias com as que moravam em outras cidades ou estados. Fazia parte de projetos sociais para oferecer uma perspectiva social e econômica às mulheres de rua, prostitutas, esquecidas. E virava meio mãe delas. Encontrei muitas cartas recebidas por ela em que escrevem “Dona Silvia, a senhora é como uma mãe…”. Coração Fraterno.

A mãe sempre foi querida pelos nossos amigos, namorados e namoradas. Era simpática, generosa, próxima, divertida. Mas que ninguém ousasse falar ou maltratar um dos pintinhos! A mãe mostrava as garras. Ou as asas de galinha choca. Lembro que uma vez, uma amiga sua, bem próxima da mãe, caiu na besteira de criticar você pra ela. “Tia, acredita que um dia o Ita não cozinhou na praia e passou o dia só comendo fios de ovos? Meio egoísta, não acha?!” “Não, não acho. O carro que vocês viajaram é dele, a casa foi ele quem alugou, o supermercado foi ele quem fez e os fios de ovos fui eu que mandei. E você ainda tá reclamando DELE?” Sem graça, a amiga mudou de assunto rapidamente. “Seu cabelo tá tão bonito, tia.” Coração protetor.

A Dani é uma mãe muito próxima das crianças. Isabella já tem 11 anos e tem na Dani uma confidente. Sabe que pode contar com ela. Toda semana, Bella leva um grupo enorme de amigas pra casa e a Dani sai pra andar de bicicleta com elas, leva ao clube, ao cinema, faz churrasco. E com os meninos não é diferente. É a mãe que está sempre presente nos jogos de futebol, nas aulas de judô ou de manhã cedo na natação do Fabinho, que a abraça e diz a toda hora “eu te amo”. E o Derek não precisa dizer nada para ela entendê-lo completamente. Coração parceiro.

Tenho a maternidade tatuada em mim. A minha e de afetos colecionados ao longo da minha vida.

Tenho Lilas e Lais. Tenho Gildas, Silvias e Janinas. Tenho Irenes e Amélias. Tenho Zitas, Naras e Cecílias. Tenho Wilmas, Lauras e Clarices. Tenho tantas. E terei Bruna e Maria.

Semana do Dia das Mães. E a sua ida ao hospital, Ita, essa semana, não estava nos planos. Pneumonia sem graça e fora de hora. Você na UTI e, de novo, a mãe com o coração lá. E de novo Nossa Senhora espalhada pela cama, mesinhas, paredes do quarto. Pacto de mães.

Tive dúvidas sobre você esses dias. Senti muito frio lá dentro da UTI. E um frio interno, sabe? Frio na barriga.

O que mais me incomodou foi ter escolhas: eu podia sair pra me aquecer, podia sair pra não verem te aspirar, podia sair pra não estar mais ali. Mas você não.

Sexta-feira conversei com a mãe e disse que achava que você queria ir embora. Ela me olhou profundamente. Sem coragem, mudei de assunto rapidamente. “Seu cabelo tá tão bonito, mãe.”

Sexta à noite, ligaram do hospital pra avisar que você estava melhor e que iria pra semi-intensiva. E a mãe me disse que você queria mesmo ir embora. Pra casa. Coração, mais que protetor, invencível.

Feliz em ser mãe.

Anúncios

8 comentários em “Que é pra te dar coragem pra seguir viagem

  1. Mike
    maio 10, 2015

    Melhoras.
    Be, um beijo para você e um especial para a sua Mãe, Feliz dia das Mães para todos nesta casa especial.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Dani
    maio 11, 2015

    Bê, adoro seus textos… Vc é uma MÃE,irmã,amiga,filha e cunhada maravilhosa… Pode ter certeza que me espelho em vc!!! Te amo ❤️

    Curtido por 1 pessoa

  3. rose
    maio 11, 2015

    LINDO OS SEUS TEXTOS! LEIO TODA SEMANA, E ME EMOCIONO SEMPRE. !! BJOS

    Curtido por 1 pessoa

  4. Nano Surf
    junho 19, 2015

    “Pacto de mães”
    Q lindo…

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em maio 10, 2015 por .