pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Um tempo que refaz o que desfez

Digitalizar0001

Você não vai acreditar, mas o tempo é um santo remédio. Já percebeu que escrevo muito frases de letras de músicas nessas nossas conversas, né? E frases com a palavra tempo, então, uso com frequência. Sabe que entramos em 2015? E sabe que entramos no décimo ano também?

Em 2005, os médicos diziam que seu corpo precisava de um tempo pra buscar novos caminhos, fazer outras sinapses, redefinir funções. Escuta, meu tempo é quando. Quando? Não sabiam dizer. Podia levar dias, meses, anos, nunca mais.

Nunca mais?

Há um tempo para destruir e outro para reconstruir; um tempo para abraçar, um tempo para afastar quem se chega a nós; um tempo para andar à procura e outro para perder; um tempo para espalhar pedras, um tempo para as juntar; um tempo para estar calado e outro tempo para falar; um tempo para rasgar e outro para coser.

Precisei aprender o tempo e saber que havia um sentido nessa passagem bíblica muito mais cotidiano do que religioso. Vivi isso. Minha guerra e minha paz. Já odiei, me perdi, afastei pessoas, espalhei pedras – se não me engano até atirei algumas – destruí, me rasguei…

E perto dos 50 anos e dos 50 textos, ando cosendo um novo desenho pra nós, Ita. É um pouco dessa costura que vou fazer com alguns textos do blog nesses meus dias de verão. Reposto os primeiros tempos: o dia D; seus dias; meus dias escuros; meus dias mais claros; um novo dia.

https://praquandovoceacordar.com/2014/02/26/almas-com-perfume-de-jasmim/ https://praquandovoceacordar.com/2014/04/20/casa-da-palavra-onde-o-silencio-mora/ https://praquandovoceacordar.com/2014/03/30/sou-como-as-pedras/ https://praquandovoceacordar.com/2014/04/04/consta-nos-astros-nos-signos-nos-buzios/ https://praquandovoceacordar.com/2014/03/16/e-vontade-de-esquecer/

Anúncios

2 comentários em “Um tempo que refaz o que desfez

  1. Bruna
    janeiro 6, 2015

    Que lindo! Você só facilitou a minha vida. Agora posso ler e reler os textos – coisa que faço com frequência – mais facilmente. E adoro poder construir pontes entre eles.
    Te amo!

    Curtido por 1 pessoa

  2. bettinabopp
    janeiro 6, 2015

    A minha ponte me leva sempre a você! E a Maria! E ao Lucca! E aiai…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em janeiro 4, 2015 por e marcado , , , , , , , , , , , , , , .