pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Arrancasse meus pés do chão

foto-3-520x693

Você não vai acreditar, mas esses dias me dei conta de que só morei em lugares que o pai construiu. Ou reconstruiu. A casa onde nascemos na Alameda dos Guaicanãs, a casa onde você e o Fabio ainda moram, o apartamento onde meus filhos nasceram e a reconstrução desta minha casinha.

E nesses tempos de Decora, de arrumações e decorações de espaços, encontrei a planta da minha casa e as anotações que o pai fez pra reforma. Tudo tão cuidado, tão amoroso. Projeto, cronograma, acabamento. Só discordamos na altura do muro. Eu sonhava com uma cerquinha branca baixa. Ele começou, então, subindo um muro de dois metros e vinte.

Eu sei que já falei pra você sobre casas. A minha, a nossa. Mas do que falo agora é do sentido afetivo da palavra. Casa como o lugar destinado à construção de relações e de vínculos. Casa entendida como nossa própria identidade. Casa como símbolo feminino, de mãe, de refúgio, de proteção.

Não tenho planetas na minha Casa 4 do Zodíaco Padrão. A Casa 4 é onde moram “nossos pés”: a família, o passado, o lar, o pai. Talvez seja por isso que o pai foi construindo meus refúgios e enchendo de sentimentos e significados no lugar de planetas. O Zé Paulo quem fez a leitura do meu Mapa Astrológico. Já te falei que somos amigos? Não dei conta de ser casada com um terapeuta holístico, mas ele é ótimo no que faz.

É na minha Casa 4 que mora minha base emocional. Meu sossego. Ela está em Libra. Na leitura que o Zé fez, sempre foi um sonho meu constituir família. Juntar em uma mesma bolha os meus: pais, irmãos e filhos. E como a forma que eu sinto o meu conceito de família é libriana, procuro conciliar problemas, busco a harmonia, quero a paz.

Mia Couto diz uma coisa bonita: O importante não é a casa onde moramos. Mas onde, em nós, a casa mora. A nossa casa mora em mim no lugar mais precioso. E porque mora ali, tenho medo. Tenho medo das paredes mofadas e da água correndo solta fora dos canos. Tenho medo dessa água levar embora o que é pra mim tão caro. Tenho medo de não reconhecer mais este lugar. Tenho medo das minhas desistências.

E não tenho mais um engenheiro pra colocar a água pra dentro dos canos e subir muros de proteção.

Não quis falar com você neste domingo. Tem dias que tenho raiva, sabe? Mas hoje choveu um pouco e depois apareceu um solzinho. O home office ficou lindo. A mãe andou até o computador. Tomei café com o Lucca e almocei com as meninas. Os cachorros brincaram no quintal. E eu pensei em mim, eu pensei em ti, eu chorei por nós. E pronto, a paz invadiu o meu coração.

Anúncios

10 comentários em “Arrancasse meus pés do chão

  1. Fabi
    setembro 29, 2014

    Eu chorei foi aqui…Chorei imaginando quão melhor o mundo seria se tivesse mais BÊ espalhada! Mais BE cuidando tão espetacularmente de suas casas!!! 💜 Bê não é a paz que invade…e sim a sua garra que contamina!!! Amo e amo tantoooo!!! Ita bora acordar…tem muita gente aqui querendo te ver andando com todo pique Bettina de ser!!! 💜Vemmmm Itaaaaaa!

    Curtir

  2. Desiree
    setembro 29, 2014

    Ai que lindo Be…ficou linda a decoração, tô doida prá ir aí ver….

    Curtido por 1 pessoa

  3. lulicrespin
    setembro 29, 2014

    Sabe ita, na quinta quando estivemos ai na sua casa para comemorar o aniversário da BuBu, tive um “De volta ao Passado” durante o parabéns e depois uma crise de choro ( eu, que nem choro não é mesmo?)
    Este texto do Blog da Bê , reflete exatamente como ando me sentindo
    Ver nós na mesa da sala de jantar da sua casa comemorando os 26 anos da BuBu, me fez em alguns segundos reviver muitos anos
    Quanta coisa aconteceu nos últimos anos, parece que 9 anos atrás o tempo não passava tão rápido
    Como se realmente nossa casa interna estivesse com paredes pintadas, piso novo, azulejos impecáveis, as crianças correndo no jardim e qua bastaria mesmo uma cerquinha branca para proteger nossa vida
    Parece que estamos em constante reforma agora, e talvez estejamos mesmo e isso é muito bom
    Mas as vezes cansativo, as vezes parece interminável, muitas trocas de peças que saem de linha rapidamente, era do descartável
    Mas sem dúvida ficamos mais fortes
    E me pego pensando na sua casa, sua casa interna
    Onde você resolveu morar?
    Esta em reforma?
    Na minha casa interna moram meus sonhos, minhas metas, meus desafios, meus medos, minha coragem
    Acredito que na sua também deva morar essa galera
    Você fez uma baita estrago nas nossas estruturas com essa sua nova moradia
    Ergueu seus muros e acabou furando muitos canos e rachando nossas paredes
    Mexeu na nossa calma, na nossa paz
    Eu hoje quero mais que tudo também ter paz Ita
    Ter minha casa interna segura, forte, tranquila, cheia de amor, com um portão no muro que liga a casa da Bê, a sua a da Giu, como quero na vida real
    Sei que quando a de dentro estiver firme a casa externa vai estar pronta e vai ser uma pouco sua, da Bê, de todos
    Como falo que hoje a casa dela é uma pouco dela um pouco minha
    Não dizem que o coração tem muitas moradas?

    Curtido por 1 pessoa

  4. Maria Luiza Borges Tobar
    setembro 29, 2014

    Be como sempre certa, Casa,lar união aconchego, amor, lindo, te amo, beijo no coração, Lu.

    Curtido por 1 pessoa

  5. bettinabopp
    setembro 29, 2014

    Lindo, lindo, Lula! ❤

    Curtir

  6. Bruna
    setembro 29, 2014

    Que privilégio dividir o mesmo teto com você. Decorar a nova estante com você. Construir a minha vida ao seu lado. Te amo, mãe!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em setembro 29, 2014 por .