pra quando você acordar

por Bettina Bopp

Sou como as pedras

rocks

 Você não vai acreditar, mas dei pra ter pedra no rim. E não são pedrinhas. São praticamente pedregulhos. E também não aparecem nos rins, apenas em um deles, no esquerdo.

Ir ao urologista passou a ser ação cotidiana. A intenção é descobrir do que é feita a minha pedra. Na primeira visita, ele foi prático: exames e mudanças de hábitos alimentares. Começou tirando o óbvio: tudo que é gostoso. E seguiu então para um tira-põe-deixa ficar, dependendo de cada resultado.

A medicina está cada vez mais evoluída. As pesquisas científicas sobre medicamentos e recursos tecnológicos de exames, como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ecocardiograma e PET SCAN, “determinaram uma evolução sem precedentes e garantiram avanços a favor da saúde”. Você pode ser visto praticamente do avesso. Mesmo assim, até agora, não descobriram do que são feitas as minhas pedras.

Por mais que a medicina avance, não tem nenhum exame que mostre a radiografia dos nossos sentimentos e emoções. Onde mora o medo? Onde a gente guarda a raiva? Em que parte da gente está a alegria, a mágoa, a saudade?

Um ano depois que você dormiu, um neurologista indicado por uma amiga sua foi te fazer uma visita. Ele, diferente de outros que cuidaram de você, era bem cuidadoso com as palavras e tinha humildade. Porque, diferente de outros que cuidaram de você, a soberba e a frieza pareciam sinônimos de neurologista.  O pedaço deles é o cérebro. E o cérebro é o desconhecido. E o desconhecido é Deus. Logo, eles querem dar conta de Deus. Perdeu, playboy.

Mas voltando ao neurologista cuidadoso e humilde… Ele veio num sábado, trazendo o fisioterapeuta que trabalhava com ele. O neurologista foi delicado e dizia que não sabia tudo, mas tudo o que falou não era o que eu queria ouvir.

Queria ouvir ele dizendo que você acordaria de uma hora pra outra, numa tarde de outono, absolutamente igual, tendo como única diferença o francês fluente, resultado das suas aulas no Cel-Lep na adolescência. Queria ouvir ele dizendo que você voltaria a andar, depois de um trabalho duro de fisioterapia, mas que as chances eram enormes. Queria ouvir ele dizendo que a memória estava preservada e que você seria de novo você.

Quando ele pediu que a família formasse um círculo e desse as mãos, estranhei. Então, ele disse que formávamos uma corrente muito forte, cada um era um elo dessa corrente. E que dali pra frente, você seria um elo diferente e a corrente precisava continuar firme e unida pra cuidar de você.

Foi ali que tive a certeza de que as coisas tinham mudado. Em seguida, o fisioterapeuta passou a tirar as suas medidas pra preparar uma cadeira de rodas e mostrou uma tabela de letras, como a do Hector Salamanca, de Breaking Bad, que poderia ser a sua possível forma de comunicação com o mundo futuramente. Foi um dos dias mais tristes.

Provavelmente nesse dia conheci o lado negro da Força, o meu lado B. Fui dura comigo, com você, com todos nós. Remoí esse dia muitas vezes. Guardei emoções de mágoa, raiva e ressentimento por tempo demais. E, claro, não me orgulho disso.

Mas as emoções são temporárias e há algum tempo não quero mais elas em mim.

Pensando de maneira holística – viu, Zé? – sei que minha longa incapacidade de deixar o passado para trás trouxe manifestações físicas e preciso me livrar delas.

Uma vez li que, ao manter a mente em silêncio, o mundo conversa com você. Pode só parecer coincidência, pode até não ter nada a ver, mas é curioso: em tupi guarani, Ita significa pedra. No rim?

Anúncios

15 comentários em “Sou como as pedras

  1. Malu
    março 30, 2014

    Pedras, no caminho, acho que estão relacionadas à dor, ao sacrifício humano, caminho para a evolução da alma. Parabéns mais uma vez Betina.

    Curtir

  2. lulicrespin
    março 30, 2014

    Ai que lindo!!! Precisa falar pro Ita que vc não quer construir um castelo no rim
    Te amo e que esse blog continue trazendo tantas coisas para tantas pessoas, mesmo para quem não conhece ou conheceu o Ita

    Curtir

  3. Bruna
    março 30, 2014

    É incrível como você consegue partir de uma situação cotidiana e chegar a uma reflexão que faz a gente pensar o resto do dia.
    Te amo!

    Curtir

    • bettinabopp
      março 30, 2014

      ah, bubuminha, te amo todas!

      Curtir

      • Paula Corrêa Galhego
        março 31, 2014

        Bettina Querida! Quanta coisa linda você tem aí dentro também…delícia te ler! Suas reflexões certamente estão movimentando seus processos de cura e permitindo aos outros que também participem disso….e por isso tudo também te agradeço, bjo no coração,

        Curtir

      • bettinabopp
        março 31, 2014

        Paula querida, que bom que lê e que gosta! Fico verdadeiramente feliz! E assim ficamos mais próximas! Ainda mais agora que sei que você é prima da Paulinha, amiga amada, de uma família que amo! Mts beijos

        Curtir

  4. Karol
    março 31, 2014

    Delicioso ler essas coisas que você escreve sobre seu irmão ! Se virar livro sou a primeira a comprar, ou talvez não seja a primeira. . . Mas você deveria escrever com mais frequência !

    Curtir

  5. Kris Gonçalves
    abril 1, 2014

    Adoro cada post seu! Bj!

    Curtir

  6. Abilio Marchi Netto
    abril 2, 2014

    Bettina, você escreve tão bem, é tão verdadeiro tudo o que está implícito em cada palavra sua. Tão forte, que fica difícil te retribuir em palavras. Por mais que eu queira, não encontro a forma ideal de te dizer o que estou sentindo. Sempre que leio as coisas que você escreve do Ita, seu irmão, fico minutos, às vezes horas, ou dias refletindo sobre a vida, sobre tudo, sobre o todo do universo. Você tem o dom. Amo você.

    Curtir

    • bettinabopp
      abril 2, 2014

      Meu amor, fico tão feliz de ter você por perto, pelo menos através das palavras…Você é tão querido e cuidadoso com os amigos! Te amo também! Muito obrigada pelo seu carinho!

      Curtir

  7. Rosana Polisel
    julho 12, 2015

    Tenho uma teoria: se os médicos acham que são deuses, os neurologistas tem certeza (a grande maioria deles). Ainda bem que tem um cuidadoso e humilde para salvar a classe. Sem voce falar o nome dele acho que já sei quem é.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em março 30, 2014 por e marcado , , , , , , .